Posted by on ago 23, 2012 | 17 comments

 A primeira janta do meu marido – na época namorado – em minha casa, foi um fiasco. Ele entrou na cozinha no exato momento em que eu quebrava o espaguete ao meio e jogava na panela de água ainda fria. Ele, ao contemplar essa cena, colocou a mão no coração, estralou os olhos espantado e com vários “ais” diz que eu acabara de cometer um crime.

Isso comprova que não prendi esse homem pelo estômago. E os 8 anos que transcorreram despedaçados em dia-a-dia foram moldando em mim uma cozinheira, ou melhor, uma chef da minha própria cozinha. Até engordar o homem eu consegui e alguns números a mais na cintura ele ganhou. Nesse meio tempo um filho nasceu, não é desnutrido e vai indo muito bem, obrigada.

O fato é que dizer “não sei nem fritar um ovo” não é desculpa. Basta querer. Ninguém nasce prendada, se aprende a sê-lo com a vida, com vontade, com a vó e o google. Eu não sou o tão prendada quanto eu gostaria, mas hoje já não corto mais espaguete no meio e nem coloco na água fria. Pelo contrário, aprendi a fazer massa caseira e aguardo o tempo que a água precisa para ferver antes de  jogar a massa na panela. Somado a isso, tiro a massa no tempo certo, al dente!

Assim comprovo hoje para vocês, este lado prendada, fazendo uma tagliatelle ao alho e óleo (que aprendi com a sogra!).

Fotos: Daniela Correa

Viu como é possível aprender a ser prendada? Vá em busca do seu sonho! Coragem menina!

Para fazer massa caseira, tenha em mente que para cada 100gr de farinha acompanha um ovo. Nesse acima, fiz 300gr de farinha e portanto usei 3 ovos. Deu para fazer 2 pratos fundos de massa, sobrar e guardar um outro rolo de massa para outra tagliatelle. Depois de misturar bem, comece a espichar na mesa. Eu uso rolo, então ia sempre do meio para o fim de forma uniforme. Conforme a necessidade vá adicionando farinha para não grudar na mesa ou nas mãos. Quando estiver bem fina, enrole como na foto 3 e depois corte como na foto 4. Depois basta desenrolar. Se você demorar para cozinhar coloque farinha para não ficar seca e quebradiça. Numa outra panela coloquei azeite de oliva, piquei vários dentes de alho (à gosto) e deixei fritando. Assim que a massa ficou pronta, joguei na panela do alho, misturei tudo, reguei com parmesão ralado e um pouco de pimenta do reino (não necessariamente nesta ordem).

Bom apetite!

Um abraço

{Daniela}